20 de set de 2014

Amor de mãe.Mãe salva a filha de 6 meses após ser baleada na cabeça pelo marido.

Tem casos que é tão bárbaro que é quase impossível acreditar que o ser humano faça quando estamos em perfeito estado mental.Pois é ,nós humanos somos capazes de fazer coisas tão boas quanto tão malignas ,a nós mesmo e aos nossos ente-queridos num piscar de olhos a pessoa que era antes tão boa e credível pra a família e para os  amigos pode se tornar no maior  pesadelo que ninguém quer lembrar.

Historia como estas que vou descrever abaixo acontece a todo momento e estão prontas para acontecer em qualquer lugar nas melhores  famílias e nas melhores pessoas porque os homens são imprevísiveis .

Um homem que mata a própria esposa que  segurava seu próprio filho de apenas 6 meses com um tiro de rifle.Qual seria a descrição que poderíamos julgar uma pessoa que toma tal atitude, destruidora assim matar a própria família de forma brutal. De uma lado um monstro de um pai embriagado de outro a mãe  desesperada com o filho do tal monstro, em seus braços e com medo do que poderia acontecer e como de fato aconteceu o pior mas com um pouco de heroísmo da mãe.


Em Atlanta, Georgia ,EUA, uma mãe  Salvou sua filha  depois de ser baleado na cabeça por seu marido o ex fuzileiro naval, Antoine Davis.


Se coloca na frente da filha foi o último ato de uma jovem mãe  para salvar sua bebê,de 6 meses deslizando-a  um vaso sanitário e lançando-se sobre a bacia, de acordo com a família.

Jéssica Arrendale , 33 anos, é considerada uma heróina por seus entes queridos  por sua atitude diante de uma situação de monstruosidade do pai de seu bebê de apenas  6 meses de idade  após ser baleado na cabeça Jéssica se impõem na frente do bebê para não deixar que o tiro de um rifle disparado por seu marido atingisse a criança.

 A mãe estava sob ataque pelo pai bêbado, abusivo de seu filho, a mãe de Jéssica Teresa Ionniello disse  a WSB  uma Radio local .

A briga começou no ultimo sábado à noite após os dois voltarem de  um  jantar e Antoine Davis, 30 anos, tornou-se agressivo, disse Ionniello. Segurando seu bebê, Jéssica tentou se defender com um taco de beisebol, mas Davis tomou o taco  dela, de acordo com Inninello.

Davis bateu em  Jéssica várias vezes com o bastão, e ela correu para um banheiro e trancou a porta. O marido, um ex-fuzileiro naval, tinha um  rifle em seu poder e derruba a porta. Ele atirou em Jéssica em uma única vez na cabeça.

Segundo a mãe de Jéssica"ele atirou nela e eles (a polícia demoraram chegar no local ) não sei como ela foi capaz de torcer seu corpo e cair literalmente na direção oposta", Ionniello disse à uma emissora de Atlanta. Em vez de cair no chão, ainda de acordo com a mãe, Jéssica  caiu , deixando  seu corpo exatamente em cima da criança.

Davis depois atirou em si mesmo e também morreu no local enquanto a polícia se reuniram em frente a casa.

O bebê foi descoberto 13 horas mais tarde, após os policiais invadiram a casa. A criança tem um ferimento na cabeça com causa traumático, que ela avó acredita que foi causado pelo taco de beisebol.

Ela está muito orgulhosa de sua filha morta.

"Ela era o herói," Ionniello disse, "porque seu último suspiro foi salvar a criança."





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...