4 de abr de 2014

Caso da idosa que foi parar no necrotério ainda viva em hospital americano volta a tona

Em junho de 2010  uma mulher de 80 anos residente de Los Angeles EUA foi dada por morta após uma parada cardíaca o caso que chocou os  familiares voltou aos tribunais neste ano .Após  os sintomas da parada cardíaca familiares da  idosa deram entrada no  hospital Boyle Heights em Los Angeles , logo após sua entra no hospital os médicos deram o parecer de que Maria de Jesus Arroyo   estava morta e que  a mesma já havia chegado ao hospital sem vida e não havia como salva-la  .





O corpo de Maria de Jesus foi para o congelador do necrotério  esperando pela retirada, mas quando a família de Maria  de Jesus foi fazer  o reconhecimento e retirada do corpo percebeu se que a idosa não havia morrido das causas da parada cardíaca e sim de possíveis e inúmeras tentativas de sair do congelador. Maria se encontrava com o nariz quebrado  e  vários arranhões pelo corpo o rosto todo manchado , do tipo parecer ser por pancadas o que deixou todo  magoado e roxo , pelo  qual médicos legistas acreditam ser por cabeçadas na porta do congelador na busca por sair da quele lugar , a idosa ficou completamente desfigurada , além disso o horário exato de sua morte segundo pericias não combinam com o horário do parecer médico .Na época a família tentou processar o hospital mas não obtiveram êxito


A descoberta pela família e  a acusação veio logo após apresentação do corpo a família com nariz quebrado e com enormes  cicatrizes pela região facial   a família  agora em 2014 voltou a  procurar a  justiça .Para a família o  ocorrido foi considerado uma tragédia médica e eles buscam a  justiça de verdade , nesta semana o caso voltou a tona nos tribunais americanos desta vezes o caso vai ser de fato julgado e se caso ouve realmente  como parece a falha médica , os responsáveis serão condenado . Já o advogado do hospital diz que esta acusação não poderá ser aprovada .

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Curtiu o post comente logo abaixo ficamos felizes em receber sua opinião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...