22 de dez de 2013

Piloto provoca quéda de aeronave e é responsável por 33 mortes

O piloto de avião da linha aérea de Moçambique (LAM) caiu na Namíbia no dia 29 de novembro deste ano, as investigações aponta que o piloto jogou a aeronave contra o solo internacional causando 33 mortes, os dados são de uma investigação preliminar divulgado neste ultimo sábado .
As caixas pretas do voo TM 470 mostram que o avião que é comandado por Ermínio  dos Santos Fernandes manipulava o piloto automático  de uma maneira que fica evidente a intenção  do comandante em fazer com que a aeronave caísse declarou o presidente do instituto Moçambicano de aviação cível  João Abreu.
EMBRAER 195
Não se conhecem os motivos para tal ação do piloto mais as investigações continuam disse João,descartando a possibilidade de falha mecânica .

Ele disse ainda que o piloto se fechou na cabine ignorando os sinais de alarmes  ,e não autorizou  que seu piloto voltasse a cabine ,um pouco antes de que o avião caísse. Santos Fernandes tinha  9.053 horas de voo sendo 1.395 como comandante em abril de 2012 sua licença fora renovada .segundo informações da companhia Moçambicana, a aeronave um Embraer 190 é Brasileira entre os mortos 10 eram Brasileiro



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...